SERVIAM

Esta palavra é o lema das Escolas Ursulinas no mundo inteiro. Está estampada no uniforme de todos os alunos, e proclamada no Hino do Colégio.

É palavra latina, significa SERVIREI e foi atribuída a São Miguel Arcanjo como resposta de fidelidade a Deus ante a revolta dos anjos comandados por Lucifer.

Fidelidade e serviço ao Senhor Jesus, é a fé que deve orientar nossas ações, opções e decisões. Fidelidade aos valores e preceitos Evangélicos conectados a ações e serviços que concretizem tais valores. Não é apenas o Ensino Religioso o responsável por essa missão. Todos os nossos empreendimentos, eventos, normas disciplinares, intercâmbios, medidas pedagógicas têm seu referencial nos Valores Evangélicos.

Assim também, as relações entre alunos, professores e funcionários se desenrolam num clima de corresponsabilidade, compreensão e respeito mútuo, expressões laicas da fraternidade evangélica.

Esta escola tem a convicção de que não há ideal mais sublime, nem missão mais urgente e necessária para o mundo de hoje: Cidadania Planetária - Educação Global.

Hoje, nosso SERVIAM se estende em dimensões globais para a formação da cidadania planetária, necessidade urgente para a paz mundial!

Por isso, convocamos todos a cooperarem e abraçarem com entusiasmo o ideal que aqui se procura desenvolver.

PRINCÍPIOS DA EDUCAÇÃO URSULINA

A Organização Internacional Ursulina, da qual a Piedade faz parte, tem seu projeto educativo inspirado nos princípios de Santa Ângela. À luz desses princípios e dos desafios da realidade presentes nas novas gerações, a Educação Ursulina orienta sua ação pedagógica a:

- Educar os alunos na fé e nos valores cristãos, na prática do Evangelho e no testemunho pessoal de Jesus Cristo, tornando-os cada vez mais solidários e missionários;

- Incentivar a responsabilidade social que se expressa no compromisso do SERVIR, a partir de atividades sociais contextualizadas, optando sempre a favor da cidadania de todo ser humano, sobretudo do mais necessitado;

- Desenvolver a consciência cidadã e o exercício dos direitos e deveres cívicos para uma participação ativa na sociedade;

- Incentivar o espírito empreendedor e a atitude de permanente superação pessoal e de contribuição ao progresso dos demais;

- Resgatar a vida universal, em todos os sentidos, de maneira integral preservando-a para gerações futuras.